Cinco competências para uma carreira de sucesso

15/04/2017

Vivenciamos um mundo de mudanças que impactam no ambiente trabalho fortemente, ainda mais quando aliadas ao avanço tecnológico. Este movimento exige dos profissionais o desenvolvimento de competências básicas para crescerem em suas carreiras.

Quando falamos em CARREIRA estamos falando em construção O profissional que deseja crescer e traçar este caminho precisa se autoconhecer a ponto de fazer escolhas com assertividade, moldando o trajeto em busca de reconhecimento e desenvolvimento da sua marca pessoal. Muitas vezes não estamos falando apenas em dinheiro e altos cargos, mas também de um legado e criação de mais líderes através do nosso exemplo pessoal.

Independente do significado de sucesso para cada pessoa, todas precisam desenvolver as mesmas competências porque elas são essenciais no cotidiano corporativo, se aplicando a todas as áreas e quando combinadas maximizam o potencial e criam o diferencial pessoal e destaque entre tantos outros colaboradores.

Competência é a união de conhecimentos, habilidades e atitudes. O profissional que possui apenas conhecimento sem atitudes não desenvolve as habilidades. Para te ajudar na construção de uma carreira de sucesso listei abaixo cinco competências importantes:

  1. Comunicação: Quando pensamos em ambiente de trabalho, estamos falando em convivência entre várias pessoas com o mesmo objetivo e quando há falha na comunicação, o alcance deste fica difícil de atingir ou demora mais tempo que o necessário. Quem consegue se comunicar e ouvir bem o que os demais têm a dizer recebe destaque especial, porque como já diz o ditado: "Quem não se comunica, se trumbica".
  2. Saiba se relacionar com as pessoas e trabalhar em equipe: O profissional que está atento aos colegas e sabe usar isto ao seu favor recebe um olhar diferenciado. Quando surgem oportunidades de crescimento, os próprios colegas indicam quem melhor se relaciona com eles.
  3. Seja um líder, mesmo que não tenha cargo hierárquico: a liderança é a capacidade de incentivar pessoas a se auto motivarem para executar as atividades, visando o objetivo principal da equipe.
  4. Seja resiliente: Quando ouço a palavra "resiliência" sempre me lembro de um atilio (aquela famosa borrachinha amarela ou borrachinha de dinheiro como alguns chamam), porque é a capacidade de se expandir quando há dificuldade e depois voltar ao seu "tamanho original" sem afetar a sua essência. Ou seja, habilidade de lidar com os problemas complexos sem deixar que estes nos atinjam permanentemente.
  5. Use a criatividade: Problemas complexos sempre surgirão, contudo a nossa capacidade de criar alternativas e oportunidades de minimizar ou eliminar os impactos é que farão a diferença e ganharão destaque.

À medida que vamos desenvolvendo estas competências vamos criando pré-requisitos para demais competências importantes, porém isto já é assunto para outro artigo.

O que achou destas dicas? Compartilha comigo!

contato@carolinebona.com.br